• Frizzo

Divas e deuses nunca morrem

Atualizado: Abr 29


"Astarte", figuras, cerâmica, Judá, 7 - 6 séc. a.C. Museu de Israel, Jerusalém.

Desembrulhar. Parece a perspectiva ao ler o livro dos Juízes na ótica dos cultos populares. A preocupação central do artigo busca assinalar as experiências religiosas existentes numa época anterior ao surgimento da monarquia do século VIII, VII e suas respectivas reformas.


Acesse o texto na íntegra:

Versão em português: https://bit.ly/blogdofrizzo--divindades-roubadas-pt

Versão em inglês: https://bit.ly/blogdofrizzo--divindades-roubadas-en

_______________________________________________

Professor em Teologia Bíblica, ITESP-SP. Possui mestrado pelo Instituto Católico de Paris e doutorado pela PUC-RJ. É assessor da Escola de Fe e Politica em Guarulhos e Secretário Regional da Campanha da Fraternidade, CNBB-Sul I

81 visualizações

Professor Padre Antonio Carlos Frizzo

Possuo doutorado em Teologia Bíblica pela PUC-Rio (2009). Sou professor no Instituto São Paulo de Estudos Superiores (ITESP- SP) e assessoro cursos no Centro Bíblico Verbo, SP.

  • Grey Facebook Icon
  • Black Facebook Icon